Por que

De todas as teimosias que tenho na vida, duas preservo desde a infância: a de colecionar e a de contar histórias. Acho que essas duas são responsáveis por qualificar o que faço hoje como profissão.

Contar histórias até que é fácil manter, mas coleções me ocupam espaço e me pedem tempo para tirar poeira. O que odeio.

Daí vem minha sociedade com a fotografia digital. E a ideia da Galeria. Uma me ajuda a capturar. A outra é “estante”.

Tudo o que encontro, registro e transformo em histórias – ou não. Às vezes só quero guardar a referência mesmo para acessar de onde estiver e compartilhar.

É assim desde 2009, quando comecei no saudoso Blogspot. Ainda está lá, se quiser ver – sugiro não. Depois passei para site, blog WordPress, deixei tudo parado e agora: WordPress de novo. Espero ficar dessa vez, mas sem promessas. Sem rotina ou SEO, que isso já faço no dia a dia. Obrigado por ler.